Agência de marketing digital em São Paulo | Goodworks

Social commerce: O que é e como colocar em prática

Social commerce O que é e como colocar em prática

O Social Commerce se caracteriza por um formato de marketing que se vale das redes sociais para se aproximar do consumidor e fazer vendas.
Esta aproximação pode ser feita através de conteúdo chamativo, post orgânico, propaganda patrocinada, publicidade com influenciadores etc. Mas não se atém apenas a venda em si, pois também vê a interação com o consumidor, proporcionada pelas redes sociais, como um meio de troca de informação entre a marca e os gostos dos clientes, de modo a direcionar o marketing para fazer do produto, algo chamativo ao público-alvo.

Em um mundo onde tudo se tornou tão automático e robótico, esta interação com os clientes por meio das mídias sociais, serviu para promover uma aproximação das empresas com os consumidores, tornando as relação destes, mais humanizada, e, fazendo com que eles se sintam de fato parte do processo de venda e possam fornecer um feedback que direcione as ações de propaganda dos produtos.

Para colocá-lo em prática, a empresa deve seguir alguns passos fundamentais, iniciando pela integração do seu comércio às mídias sociais.
A divulgação de conteúdo deve ser feita de forma inteligente e otimizada, prezando a diversidade das possíveis plataformas de visualização e adaptando seus conteúdos a estes formatos, como celulares, tablets e notebooks.

O conteúdo compartilhável é essencial para a boa aplicação do método. Você deve alimentar suas redes com posts que agreguem valor na sua rotina e que seja atrativo para quem o vir, de modo que este sinta o desejo de enviar aquela publicação para seus, parentes, colegas de trabalho etc.

É interessante levar em conta que nem todos que navegam , querem fazer compras, por isso é necessário saber dosar a relação entre oferta de produtos e a forma dos conteúdos, para que a imagem da sua marca não seja prejudicada saturando o espectador com temática maçante e repetitiva.

Você deve se valer dos dados que esta troca de informações lhe oferece e usá-los para criar anúncios sobre seus produtos que se completem ou que estejam relacionados a eventos sazonais, como datas comemorativas por exemplo.

Use sempre as ferramentas disponibilizadas pelas próprias plataformas digitais. O indicador de desempenho norteia suas ações ao fornecer um relatório completo sobre seu engajamento com os clientes e quais estratégias de vendas são ou não eficazes.

Levar em consideração o ponto de vista do cliente, é fundamental, pois, para o comprador, o social commerce se caracteriza pela facilidade em consumir o produto e por muitas vezes fazê-lo de modo sutil, imputando ao cliente, sentir que tem poder sobre suas compras ao realizá-las de modo confortável sem precisar sair do aplicativo da rede.

Facebook, Instagram e WhatsApp, são hoje, as principais ferramentas de social commerce, uma vez que os dados apontam que 30% dos consumidores on-line estão dispostos a realizar compras através das redes sociais, segundo informações de estudo do BigCommerce. O destaque fica por conta do Instagram, pelo qual, dentre os consumidores online, 70% buscam realizar suas aquisições.

Fica claro assim que a mudança nos rumos das vendas online está absolutamente consolidada e quem sabe acionar os gatilhos mentais e reflexos psicológicos do seu público-alvo, obtém êxito neste meio que representa um novo comportamento de consumo.

Open chat